Micropoesia / Poesia(s) do desassossego

15.00

Autor: António Barroso Cruz

Tradução: Paula Marquez Neto

Edição/reimpressão: 2010

Páginas:

Editor: O Liberal

Micropoesia

Micropoetry Tradução: Paula Marquez Neto

O autor revela uma evolução neste estilo poético que remonta ao século XII, não deixando de abordar temas como os que estão na génese do Haiku japonês, alargando o seu leque de observações a factos do quotidiano, a realidades ambientais e a sentires em que a natureza se revela por variadas formas.
Todo o livro está traduzido em inglês, nesta edição que se afirma como mais uma marca inédita no contexto literário-poético nacional.

(este livro faz parte do mesmo “corpo” que o livro “Poesia(s) do desassossego”)

Poesia(s) do desassossego

Um mar de palavras que revelam erotismos e nos transportam para vivências por que já passámos.
Poesia erótico-objectiva, desinibida, irrequieta, inquieta, desassossegada…em que nos vemos enredados e nos permite sentir o ser poético e erótico que em cada um de nós vive.
Um desafio de imagens em que os sentidos caminham à flor da pele e nos remetem para corpos e lugares. Para momentos que desejámos viver. Que já vivemos. Que um dia queremos viver!

(este livro faz parte do mesmo “corpo” que o livro “micropoesia” – haiku)

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Micropoesia / Poesia(s) do desassossego”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *